Além de prometer revolucionar a maneira como o usuário interage com a sua máquina, a Microsoft ressaltou que desempenho e suporte a novas tecnologias como processadores de 128 bits, renderização tridimensional em rede e comandos dinâmicos por voz são o foco do novo sistema.

Windows Store

A Microsoft pode lançar em breve a Windows Store, um lugar para adquirir aplicativos para Windows e, aparentemente, dispositivos móveis também.

O serviço seria hospedado em clould computing ou seja “nas nuvens” e ajudaria desenvolvedores a atingir seu público-alvo.

Inclusive o domínio: windowsstore.com. Já está registrado e pode ser lançado em breve.

Reconhecimento Facial

A data prevista para o lançamento do Windows 8 é 2012. Imagine você fazer o login na sua máquina com seu rosto? O PC detectaria a presença do usuário e faria o login automaticamente.

O sistema pode ser baseado no conceito Kinect ao login do Windows 8, o que dá margem para várias possibilidades interessantes. Por exemplo, sentar-se na cadeira para ligar o computador, e apenas levantar para entrar em modo de hibernação. E se outra pessoa aparecer na câmera? Simples, o sistema alterna o usuário.

Display avançado

O 3D já está em toda parte. Em 2012, pode ser algo razoavelmente simples e acessível. Rumores apontam bastante atenção da Microsoft com a experiência gráfica do sistema. Um dos destaques é a detecção de luz do ambiente para automaticamente ajustar o brilho da imagem em conformidade.

Portabilidade

A possibilidade manter dados pessoais em “cloud computing” pode indicar dois focos da Microsoft: levar o Windows 8 facilmente a diversas plataformas e aproximar cada vez mais a experiência do usuário com dispositivos móveis no desktop.

Navegação por gestos

Acompanhando as tendências de implementação de telas sensíveis ao toque (já um dos pontos fortes do Windows 7), o Windows 8 quer dar um salto adiante em relação à concorrência da Apple (com a tecnologia que alimenta os iPhones).

O sistema oferecerá, além do suporte para navegação por toques múltiplos — para zoom, e até remanejamento de arquivos —, reconhecimento extensivo de gestos.

Ou seja, para abrir a evolução do Menu Iniciar basta arrastar o dedo para cima da tela…

Quer maximizar todas as janelas? Então agite seus dedos de forma desordenada pela tela. Se não estiver próximo do monitor, não se preocupe, pois a mesma câmera utilizada para o login reconhece todos os seus movimentos, transformando-os em comandos quando solicitada.

Outro exemplo interessante, demonstrado pela Microsoft em uma conferência na Califórnia, foi a ordenação de espaços de modo personalizado.

Para fazer com que as janelas ocupem espaços fixos em sua tela, basta tocar com os dedos todos os programas escolhidos e depois arrastar novamente o dedo nas áreas que cada um deve ocupar.

Estas são apenas algumas funções que devem estar disponíveis no Windows 8. Basta saber se todas elas serão implementadas no novo sistema que está chegando!

Receba nossas atualizações
Fique por dentro de todas as notícias e novidades do mundo da tecnologia!

2 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta