Strike lança serviços de pagamento criptografado na Europa

0
53

Embora a Strike já tenha expandido os seus serviços para 100 países em todo o mundo, a empresa continua empenhada em explorar novos mercados e apoiar moedas adicionais no futuro.

Strike, uma importante empresa de pagamentos criptográficos com sede nos EUA, finalmente lançou seus tão esperados serviços na Europa. De acordo com um anúncio feito na quarta-feira, os serviços estão restritos em alguns países da Europa por enquanto. No entanto, os utilizadores em países elegíveis podem agora comprar, vender, depositar e levantar fundos através da plataforma.

Strike entra em nações europeias selecionadas

A empresa facilitou aos clientes a verificação da disponibilidade do aplicativo em sua região, visitando as lojas de aplicativos iOS e Android.

Os utilizadores elegíveis podem adquirir diretamente Bitcoin (BTC) utilizando depósitos em euros através da SEPA, um fornecedor de pagamentos europeu estabelecido pela UE para facilitar as transferências de euros em toda a região.

Strike disse que os destinatários terão a opção de receber o valor do ativo em BTC euro ou, em regiões selecionadas, na stablecoin USDT da Tether.

Como um aplicativo de pagamento criptografado baseado no blockchain Bitcoin, o Strike permite que os usuários adquiram a criptografia líder do setor por taxas relativamente baratas.

Desde a sua criação nos EUA em 2020, a empresa expandiu os seus serviços para África e agora para a Europa, atendendo a uma gama diversificada de clientes para além do mercado americano.

Strike vê a Europa como uma região com potencial significativo para a adoção do Bitcoin.

“Como a terceira maior economia do mundo e com mais de 440 milhões de habitantes, a Europa apresenta vastas oportunidades para a adoção do Bitcoin. Como aplicativo líder somente para Bitcoin, acreditamos que o Strike está em uma posição única para atender às necessidades de milhões de pessoas que buscam acesso ao Bitcoin na Europa”, disse a empresa.

Ofertas abrangentes de produtos para clientes europeus

Strike disse que está trazendo todas as suas ofertas de produtos para o mercado europeu, o que significa que os usuários não estão limitados apenas aos pagamentos criptográficos.

Os usuários elegíveis também terão acesso às carteiras Bitcoin e Lightning da empresa, a capacidade de agendar compras recorrentes e a opção de enviar dinheiro globalmente para nações africanas apoiadas, como Nigéria, Gana e Benin.

Os usuários também podem enviar dinheiro para outras regiões como Filipinas, México e Vietnã. Além disso, eles se beneficiarão de serviços como negociação peer-to-peer (P2P) e saques gratuitos na rede.

Strike disse que o aplicativo europeu também aceitará inscrições de empresas para atender a todas as suas necessidades de criptografia. Clientes individuais e corporativos receberão os mesmos serviços.

O aplicativo de pagamento com sede nos EUA planeja tornar sua API Strike acessível a clientes em países elegíveis que desejam automatizar suas transações no aplicativo.

Planos futuros

Embora a Strike já tenha expandido os seus serviços para 100 países em todo o mundo, a empresa continua empenhada em explorar novos mercados e apoiar moedas adicionais no futuro.

“Continuaremos a entrar em novos mercados, a oferecer suporte a mais moedas, a adicionar métodos de pagamento, a expandir nossos serviços e a repetir a experiência”, disse Strike.

A dedicação da empresa à inovação e ao crescimento sugere que a sua presença global e as ofertas de serviços continuarão a evoluir para satisfazer as novas necessidades dos seus utilizadores.

próximo

Notícias FinTech, Notícias

Fonte: www.coinspeaker.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here