Perspectivas e Conceitos para o Desenvolvimento do Mercado de Jogos e Criptomoedas

0
361

O mais fascinante é que ainda não é possível apreciar todo o efeito da GameFi em outros setores, já que muitos modelos de negócios inovadores e vários veículos de captação de recursos ainda precisam ser apresentados a um público mais amplo.

As plataformas de jogos baseadas em blockchain estão ganhando popularidade rapidamente. Embora os primeiros jogos desse tipo tenham surgido em 2013 e o jogo Play-to-Earn mais popular e impressionante, intitulado Axie Infinity, tenha sido criado em 2018, a GameFi não perdeu sua posição. Em vez disso, continua a surpreender o público de massa e ainda tem excelentes perspectivas.

De um modo geral, a GameFi é um segmento de mercado impressionante que possui sua própria base tecnológica, projetos de sucesso e um enorme exército de seguidores em todo o mundo. O rápido desenvolvimento de jogos blockchain não pode deixar de afetar indústrias relacionadas, com consequências interessantes. Quais exatamente? Vamos descobrir neste artigo.

Foto: FinanceFeeds

Blockchain a serviço da indústria de jogos

Bilhões de pessoas de diferentes países passam muito tempo jogando jogos de diferentes gêneros. Como regra, as pessoas jogam por recreação e prazer, considerando-o seu hobby ou uma recompensa merecida após um dia de trabalho duro. Eles costumam gastar uma boa quantia em vários equipamentos, heróis e outros itens do jogo.

Na maioria das vezes, gastar tempo jogando pode ser considerado um “desperdício” no sentido monetário, já que o jogo é apenas uma profissão monetizadora para uma pequena porcentagem de jogadores. Foi aqui que o blockchain virou os jogos de cabeça para baixo.

Foto: Pantógrafo

Criar jogos que não envolvam apenas o investimento de dinheiro, mas a chance de ganhá-lo também é genial, não é? GameFi refere-se a um novo gênero de jogos em que a economia digital não termina apenas quando o jogo é desligado, borrando assim a linha entre os recursos do jogo e os ativos reais.

A combinação de Jogos e Finanças (Jogo + Fi) funciona em redes blockchain, onde todos os objetos do jogo são representados como tokens não fungíveis. Cada espada, armadura, skin, herói e enredo que você compra pertence apenas a você, tornando-se simultaneamente um jogador e um proprietário que pode trocar ou vender seus ativos.

Os primeiros videogames, como Pac-Man, começaram com um modelo de receita Pay-to-Play. Em seguida, os jogos podem ser adquiridos com uma licença ou assinatura perpétua. Mais tarde, as versões gratuitas e de teste dos jogos eliminaram as barreiras de entrada de pagamento. Barreiras baixas à entrada abriram o caminho para os primeiros jogos Play-to-Earn.

Os próprios jogos Blockchain vencem os jogos regulares porque permitem que os jogadores participem usando qualquer dispositivo sem a necessidade de possuir computadores e placas gráficas modificados. No entanto, essa também é a principal desvantagem do Play-to-Earn – gráficos de baixa qualidade e jogabilidade ruim em comparação com os jogos regulares contemporâneos.

É difícil comparar Cyberpunk 2077 ou Red Dead Redemption 2 com simples jogos de cartas ou batalhas com monstros. Além disso, para entrar nos jogos de blockchain mais legais e lucrativos, você precisa ter pelo menos um NFT no jogo, o que pode custar um centavo. No entanto, muitas vezes compensa durante o processo de jogo (embora monótono).

Mas tudo isso empalidece em comparação com a possibilidade de gerar ganhos reais. As empresas de jogos ganham muito dinheiro com a venda de skins, que não dão ao jogador nada além de belos visuais. Agora imagine que o jogador tem a oportunidade não apenas de comprar aquela skin, mas também de se tornar seu único proprietário, com o direito de vendê-la, negociá-la e obter renda com ela.

Foto: NFT Agora

O desenvolvimento do GameFi atraiu a atenção dos gigantes mundiais de jogos e desenvolvedores populares, enquanto geralmente aumenta o interesse geral pelos jogos. O desenvolvimento dos esportes cibernéticos e da transmissão ao vivo também fortaleceu os jogos, não apenas como fonte de entretenimento, mas também como uma carreira legítima. O interesse em jogos criptográficos aumentou drasticamente.

Por exemplo, a desenvolvedora de jogos de computador Ubisoft anunciou o lançamento de seu próprio mercado NFT. E o CEO da Electronic Arts, Andrew Wilson, acredita que a NFT e o modelo Play-to-Earn baseado em blockchain são o futuro da indústria de videogames.

NFT: Catalisador para o Desenvolvimento de GameFi

Foto: GetBlock

Liderada por projetos populares de Play-to-Earn, como Axie Infinity, CryptoKitties, Thetan Arena e alguns outros, a GameFi atraiu ampla atenção nos círculos de criptomoedas. Atualmente, mais de 80 a 100 milhões de transações de jogos são feitas diariamente no espaço de jogos P2E e esse número não para de crescer.

O ano de 2021 foi um ponto de virada para o setor de criptomoedas e em 2022, as criptomoedas, juntamente com a GameFi, devem conquistar novos patamares. A onda de interesse em NFT e Play-to-Earn crescerá ainda mais, em grande parte devido aos usuários e entusiastas perceberem o valor de possuir ativos digitais. Baseando-se na tecnologia blockchain, o mundo dos jogos está testemunhando uma economia GameFi totalmente nova surgir como resultado da monetização em massa de ativos.

O desenvolvimento do GameFi atraiu ainda mais investidores para a indústria de criptomoedas por causa das novas oportunidades de lucro que apresenta. Os investidores não precisam estar envolvidos no processo de jogo para lucrar com projetos P2E. Sua principal estratégia é comprar ativos no jogo. Os investidores lucram com a venda de ativos exclusivos: personagens, armas, artefatos, etc. Em muitos jogos P2E, o valor dos tokens está crescendo dinamicamente devido ao aumento do número de jogadores ativos.

A essência do investimento no mercado de ações é semelhante à do GameFi, só que em vez de ações, os usuários investem em NFT e criptomoedas. Investidores injetam dinheiro em um projeto > o jogo se desenvolve > novos jogadores embarcam > e o preço dos NFTs cresce. Além disso, ao introduzir programas de bolsas de estudo em muitos projetos da GameFi, tanto os jogadores quanto os investidores se saem bem. Os proprietários de tokens podem alugá-los enquanto ganham uma parte da renda obtida pelos jogadores que os contrataram.

Um dos principais recursos que tornam as oportunidades de receita na indústria de GameFi tão empolgantes é a introdução da tecnologia DeFi. Ao combinar o melhor do DeFi com o melhor do GameFi, a adoção de conceitos como Staking, Liquidity Mining e Farming (presentes em muitos projetos P2E) ganharam ampla popularidade.

Criação de Blockchains orientados a P2E

Além dos efeitos mencionados acima do setor P2E em rápido crescimento nos mercados emergentes, os jogos blockchain também motivaram os desenvolvedores a construir redes especificamente projetadas e otimizadas para o novo movimento de jogos NFT.

Foto: Ancião8

Esta etapa foi realizada principalmente para capturar a demanda crescente, resultando no advento de soluções como Hive, WAX e Enjin. Basicamente, esses são os líderes absolutos neste setor e se tornaram os principais blockchains para muitos projetos conhecidos do Play-to-Earn, incluindo Splinterlands, Farmers World, Galaxy Fight Club, Lost Relics, AlienWorlds e assim por diante.

O boom do GameFi é real

GameFi é um dos vários fenômenos que atraem novos usuários para a indústria de criptomoedas. Combinado com DeFi, NFT, Web3 e a indústria de jogos, um aumento na atividade geral de blockchain se seguirá nos próximos anos.

Uma quantidade incrível de trabalho tem sido feita por equipes de desenvolvimento internacionais para fornecer soluções de escala que galvanizam a expansão da indústria. O mais fascinante é que ainda não é possível apreciar todo o efeito da GameFi em outros setores, já que muitos modelos de negócios inovadores e vários veículos de captação de recursos ainda precisam ser apresentados a um público mais amplo.

Isenção de responsabilidade: As opiniões e pontos de vista expressos neste artigo são exclusivamente do autor e não são necessariamente compartilhados pela Coinpeaker. Recomendamos que você realize a pesquisa necessária por conta própria antes de qualquer movimento de investimento e negociação.

Postagens de convidados

Julia Sakovich
Autor: Dan Khomenko

CEO da SIDUSHEROES.COM e NFTSTARS.APP. Empreendedor internacional com visão global de inovação. Desenvolvedor de software. Desenvolvedor imobiliário na Austrália. Investidor angelical.

Fonte: www.coinspeaker.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here