Agoria capacita fãs com propriedade NFT no próximo lançamento do álbum

0
151

Agoria está revolucionando a indústria da música ao conceder aos fãs os direitos de propriedade de seu próximo álbum por meio de NFTs, criando uma experiência única e envolvente para seu público.

O renomado DJ, produtor e artista NFT francês Agoria está liderando uma iniciativa inovadora que desafia as normas tradicionais da indústria da música. Em uma jogada emocionante, Agoria está dando aos fãs a chance de possuir seu próximo álbum por meio de tokens não fungíveis (NFTs). Essa abordagem inovadora não apenas preenche a lacuna entre o artista e seus fãs, mas também transforma o conceito de propriedade na era digital.

Ao alavancar o poder da tecnologia blockchain, Agoria pretende fornecer uma experiência única e envolvente para seus fãs. Os NFTs, que são ativos digitais que representam propriedade ou prova de autenticidade de um item exclusivo, estão no centro desse esforço transformador. Cada NFT concederá ao proprietário direitos exclusivos sobre o álbum, permitindo que eles acessem recursos especiais e conteúdo inédito e até mesmo participem de experiências interativas relacionadas à música.

Agoria busca democratizar a propriedade musical entre os fãs

A decisão da Agoria de explorar os NFTs reflete a tendência mais ampla da indústria da música. Os artistas estão cada vez mais recorrendo à tecnologia blockchain para criar novos fluxos de receita, promover conexões mais próximas com seus fãs e combater problemas como a pirataria.

No entanto, uma das principais vantagens do lançamento do álbum baseado em NFT da Agoria é a democratização da propriedade da música. Historicamente, a propriedade da música tem sido limitada a cópias físicas ou downloads digitais, com os fãs tendo pouco controle ou envolvimento além do ato da compra. Os NFTs mudam esse paradigma ao conceder aos fãs a verdadeira propriedade do conteúdo digital, proporcionando uma oportunidade de se envolver com o trabalho do artista em um nível mais profundo.

A próxima música de Agoria já recebeu uma resposta entusiástica, principalmente durante sua estreia em Ibiza. O artista expressou sua satisfação, revelando que a composição partiu de um arpejo que havia descoberto há algum tempo. A festa oficial de lançamento da música está agendada para 7 de junho no evento NFC Lisbon em Lisboa, aumentando a expectativa em torno deste projeto inovador.

Agoria incorpora plataforma de música baseada em Blockchain Bolero

Para dar vida a essa iniciativa, a Agoria fez parceria com a Bolero, uma plataforma de música baseada em blockchain. O recurso “Song Shares” lançado recentemente pela Bolero facilitará a distribuição de recompensas para os fãs que possuem músicas baseadas em NFT em suas carteiras. O CEO da Bolero, William Bailey, destacou o crescimento significativo da plataforma desde a introdução das Song Shares, superando seus números para 2022. As Agorians Song Shares serão alocadas principalmente aos principais colecionadores de NFT da Agoria no Ethereum e Tezos, com os 10% restantes disponíveis para compra por usuários do Bolero.

Notavelmente, ao alavancar a rastreabilidade e a redistribuição, a colaboração da Agoria com o Bolero incorpora uma mudança em direção a uma estrutura de remuneração mais justa para artistas e criadores. Essa abordagem tem o potencial de transformar a dinâmica tradicional da indústria da música e capacitar os artistas com remuneração direta. Os usuários do Bolero que buscam royalties autorizados devem criar uma conta na plataforma e conectar suas carteiras, aumentando a transparência e a acessibilidade do processo.

próximo

Altcoin News, Blockchain News, Cryptocurrency news, News

Fonte: www.coinspeaker.com

Receba nossas atualizações
Fique por dentro de todas as notícias e novidades do mundo da tecnologia!

Deixe uma resposta