VeChain (VET) entra no cenário de tokenização com lançamento de MaaS

0
36

A estreia da plataforma MaaS da VeChain suscitou debate sobre a potencial influência no preço do EFP, para além das suas melhorias tecnológicas.

VeChain (VET), uma plataforma blockchain líder com sede em San Marino, na Europa, deu um passo ousado no espaço de tokenização com o lançamento de sua plataforma de tokenização de ativos digitais, Market-as-a-Service (MaaS).

VeChain faz parceria com Gresini Racing para lançamento do Maas

De acordo com o anúncio, a VeChain fez parceria com a Gesini Racing, uma importante equipe do campeonato de MotoGP para o lançamento inicial do MaaS. A implementação completa do MaaS está prevista para o segundo trimestre deste ano, com potencial para revolucionar a indústria de ativos digitais.

MaaS é uma plataforma de tokenização de ativos digitais sem código desenvolvida para atender à crescente demanda por soluções de tokenização de ativos do mundo real (RWA). Crucialmente, VeChain destacou que a plataforma visa capacitar empresas e indivíduos para desenvolver, vender e transferir facilmente ativos digitais.

A VeChain deu a entender que planeja melhorar versões posteriores do MaaS com a introdução da funcionalidade NFC e a capacidade de criar “figitais”, ou ativos com equivalentes digitais e do mundo real.

Notavelmente, a colaboração da VeChain com a Gresini Racing serve como uma excelente ilustração da capacidade do MaaS de unir a Web3 e as empresas convencionais. A Gresini Racing espera vender colecionáveis ​​digitais para sua grande base de fãs por meio da parceria, expondo novos públicos à tecnologia blockchain por meio da interface amigável do MaaS.

Jake Campton, líder de comunicações da VeChain, expressou entusiasmo com o lançamento do MaaS, afirmando:

“O lançamento da plataforma MaaS da VeChain é mais uma iniciativa que demonstra nossa resolução de apoiar a adoção em massa da tecnologia blockchain por meio de soluções fáceis de implementar e sem código.”

O lançamento do MaaS chega no momento certo para a VeChain, pois ela busca desenvolver ferramentas para integrar um mundo de tokenização rápida, com uma projeção de US$ 16 trilhões em RWA até 2030. Este lançamento oportuno é consistente com o crescente interesse na tokenização de RWA, conforme indicado por A recente proposta da BlackRock Inc (NYSE: BLK) para um fundo de tokenização.

Entretanto, a estreia da plataforma MaaS da VeChain suscitou debate sobre a potencial influência no preço do EFP, para além das suas melhorias tecnológicas. À medida que a VeChain expande o seu ecossistema e impulsiona a adoção através de soluções criativas, os investidores poderão ver uma utilidade e valor crescentes no EFP, potencialmente provocando uma recuperação positiva no seu preço.

O compromisso da VeChain na indústria Blockchain

O compromisso da VeChain com soluções pioneiras de blockchain é visto em seu histórico de fornecimento de tecnologia inovadora. VeChain tem consistentemente ampliado os limites do uso de blockchain, desde a identificação do produto até a procedência e rastreamento de sustentabilidade.

No ano passado, a SingularityNET, uma startup de Inteligência Artificial, colaborou com a VeChain para combater as alterações climáticas. Na altura, o fundador e CEO da SingularityNET, Ben Goertzel afirmou que as empresas combinariam os seus recursos nativos para ajudar a identificar novas formas de melhorar a produção de emissões de carbono e reduzir a poluição.

Além disso, o lançamento do MaaS ocorre após o lançamento bem-sucedido do VORJ pela VeChain em 2023, reforçando o status da empresa como pioneira em blockchain. VORJ, uma plataforma complementar que fornece ativos digitais sem código e implantação de contratos inteligentes, demonstra a dedicação da VeChain em reduzir as barreiras à entrada no espaço de ativos digitais.

próximo

Notícias Blockchain, Notícias sobre criptomoedas, Notícias

Fonte: www.coinspeaker.com

Receba nossas atualizações
Fique por dentro de todas as notícias e novidades do mundo da tecnologia!

Deixe uma resposta