Senado aprova projeto de lei para derrubar regra da SEC sobre custódia de bitcoin e criptografia, Biden ameaça veto

0
43

Momentos atrás, o Senado aprovou a legislação HJRes. 109 que anularia o Staff Accounting Bulletin (SAB) nº 121 da SEC, impedindo empresas financeiras altamente regulamentadas de custodiar Bitcoin e outras criptomoedas. A legislação foi aprovada com 60 votos a 38, demonstrando apoio bipartidário à medida.

https://platform.twitter.com/widgets.js

A resolução, que já foi aprovada na Câmara na semana passada, visa desmantelar o SAB 121. Este boletim impõe restrições rigorosas às instituições financeiras, impedindo-as efetivamente de atuarem como custodiantes de ativos digitais como o Bitcoin. De acordo com a Lei de Revisão do Congresso, HJRes. 109 procura remover estes obstáculos, permitindo assim que empresas financeiras altamente regulamentadas ofereçam serviços de custódia para Bitcoin e outras criptomoedas.

Porém, a Casa Branca deixou clara a sua posição em relação a esta legislação. Uma declaração recente enfatizou que se o projeto chegar à mesa do presidente Biden, ele o vetará. A administração argumenta que a revogação do SAB 121 “perturbaria o trabalho da SEC para proteger os investidores nos mercados de criptoativos e para salvaguardar o sistema financeiro mais amplo”.

Defensores do HJRes. 109, no entanto, argumentam que a revogação do SAB 121 é crucial para proteger os consumidores nos Estados Unidos. Muito disso decorre do lote de fundos negociados em bolsa (ETFs) de Bitcoin aprovados para negociação pela SEC no início deste ano. A maioria desses bitcoins está sendo mantida em nome de algumas instituições, o que representa riscos de centralização. HJRes. 109 procura remover barreiras para permitir que instituições mais altamente regulamentadas assumam a custódia e detenham bitcoin em nome dos clientes, ajudando a aliviar quaisquer preocupações de centralização.

Os críticos do SAB 121 da SEC argumentam que a regra é excessivamente restritiva e dificulta a capacidade das instituições financeiras de atender à crescente demanda por serviços Bitcoin. Eles acreditam que as instituições regulamentadas estão bem equipadas para lidar com os riscos associados à custódia de ativos digitais, dadas as suas estruturas de conformidade e protocolos de segurança existentes.

A senadora Cynthia Lummis, uma defensora vocal do Bitcoin, pediu seu apoio à derrubada do SAB 121 hoje cedo, enfatizando: “O SAB 21 é uma regra sob a lei de procedimento administrativo, disfarçada como uma orientação contábil. Foi publicado pela equipe da SEC sem a aprovação da maioria da comissão.”

https://platform.twitter.com/widgets.js

A senadora Elizabeth Warren, no entanto, instou o Senado a alinhar-se com Joe Biden votando não, afirmando que esta é uma classe de ativos totalmente diferente daquela a que os bancos e outras instituições financeiras regulamentadas estão habituados. Ela disse que os ativos digitais não são algo físico que os bancos possam manter em um cofre e estão totalmente online, portanto, é algo que pode ser hackeado, e citou os hacks das exchanges de criptomoedas Binance e FTX como sua evidência.

https://platform.twitter.com/widgets.js

Apesar da aprovação do Senado, o futuro do HJRes. 109 permanece incerto devido à ameaça de veto presidencial. Se o Presidente Biden cumprir a sua promessa, isso interromperá o andamento da resolução, mantendo o status quo relativamente à custódia de ativos digitais pelas instituições financeiras. Biden tem a opção de sancionar o projeto, vetá-lo ou não fazer nada. Se ele decidir não fazer nada, o projeto será transformado em lei sem a sua assinatura.

A jornalista da Fox Business, Eleanor Terrett, comentou a notícia, afirmando: “O Senado votou para derrubar o SAB 121, o que, como todos sabemos, significa que isso agora vai para o presidente, que disse na semana passada que planeja vetá-lo. Se sim, então é de volta à estaca zero com a Câmara e o Senado, que precisariam de uma maioria de 2/3 dos votos em ambas as câmaras para anular o veto.”

Fonte: bitcoinmagazine.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here