Produtos de investimento em Bitcoin registram quarta semana de saídas líquidas, o que vem a seguir?

0
29

O recente impulso de alta no preço do Bitcoin (BTC) levou os traders de opções a reavaliar a probabilidade de a criptomoeda atingir US$ 100.000 até o final do ano.

De acordo com o último relatório da CoinShares, os produtos de investimento em criptomoedas testemunharam uma quarta semana consecutiva de saídas totalizando US$ 251 milhões. Grande parte disso ocorreu por meio das saídas nos ETFs de Bitcoin à vista, que totalizaram US$ 156 milhões.

De acordo com a CoinShares, o preço médio de compra desses ETFs desde o seu início é estimado em cerca de US$ 62.200 por Bitcoin. Com o preço caindo 10% abaixo deste nível, pode ter ativado ordens de venda automáticas. No entanto, após a última semana de saídas, os fluxos de ETF Bitcoin tornaram-se líquidos positivos mais uma vez nos últimos dois pregões. O surpreendente é que o GBTC da Grayscale vem registrando entradas líquidas por dois dias consecutivos.

Analisando os fluxos líquidos que ocorrem entre ativos digitais, só o Bitcoin registrou saídas líquidas de US$ 284 milhões. Curiosamente, o Bitcoin foi o único ativo digital a registrar saídas líquidas. Por outro lado, Ethereum (ETH) quebrou seu período de saídas de 7 semanas ao registrar entradas de US$ 30 milhões na semana passada.

Várias altcoins experimentaram entradas, com valores notáveis ​​observados em Avalanche, Cardano e Polkadot, recebendo US$ 0,5 milhão, US$ 0,4 milhão e US$ 0,3 milhão, respectivamente. O ponto positivo de acordo com a CoinShares foi o lançamento dos ETFs Bitcoin e Ethereum de Hong Kong, que registraram mais de US$ 307 milhões em entradas líquidas durante a primeira semana.

Ação do preço do Bitcoin

Depois de cair para US$ 57.000 na semana passada, o preço do Bitcoin (BTC) se recuperou à medida que os dados de desemprego chegaram acima do esperado, levando à antecipação de que o Fed poderia anunciar cortes nas taxas mais cedo do que o esperado. Isto significaria maiores fluxos de liquidez para o mercado, beneficiando, em última análise, ativos de risco ON, como ações e criptomoedas.

No momento desta publicação, o Bitcoin agora está sendo negociado em níveis de US$ 63.360, com um valor de mercado de US$ 1,245 trilhão. O analista de criptografia Michael van de Poppe está antecipando uma continuação dentro da faixa atual. Ele enfatiza a importância do nível de US$ 60,5 mil, afirmando que, se ele se mantiver, há uma chance provável de uma continuação para US$ 70 mil nos próximos 1-2 meses.

O recente impulso ascendente no preço do Bitcoin (BTC) levou os traders de opções a reavaliar a probabilidade de a criptomoeda atingir a marca de US$ 100.000 em algum momento deste ano.

Conseqüentemente, houve um aumento acentuado na demanda por opções de compra de bitcoin nas principais bolsas de criptomoedas Deribit e redes de balcão (OTC). Essas opções visam especificamente um aumento para novos máximos, potencialmente ultrapassando US$ 75.000 e até mesmo atingindo US$ 100.000.

“Estamos vendo alguma continuação de alta na volatilidade e nas taxas após a reversão de sexta-feira e no fim de semana. As reversões de risco do BTC foram positivas (as opções de compra são mais caras do que as opções de venda) e [there has been a] demanda renovada por BTC com vencimento em setembro de US$ 75.000 e chamada de US$ 100.000”, disse a QCP Capital em nota aos investidores na segunda-feira.

próximo

Notícias sobre Bitcoin, Notícias sobre criptomoedas, Notícias

Fonte: www.coinspeaker.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here