Preço do Bitcoin cai 7% abaixo de US$ 67.000, gerando liquidações de US$ 690 milhões

0
50

O recente declínio no valor do Bitcoin pode ser parcialmente atribuído ao crescente interesse dos comerciantes em memecoins especulativos que oferecem liquidez limitada.

Em uma reviravolta dramática, o Bitcoin (BTC), o líder do mercado de criptomoedas, caiu abaixo da marca de US$ 67.000, desencadeando um frenesi de liquidações totalizando mais de US$ 650 milhões. Esta forte desaceleração vem na esteira de uma tentativa fracassada de romper o formidável nível de resistência de US$ 72.400, deixando comerciantes e investidores nervosos enquanto navegam na montanha-russa do mercado de criptomoedas.

Os analistas estão agora observando atentamente os sinais de uma bolha de mercado e prevendo possíveis níveis de suporte, já que a trajetória de preços do Bitcoin permanece incerta.

Turbulência no mercado à medida que o preço do Bitcoin cai abaixo de US$ 67.000

Mapa de calor de liquidações criptográficas. Foto de : Coinglass

O mercado de criptografia passou por um período tumultuado com o Bitcoin caindo abaixo da marca de US$ 67.000, causando uma reação em cadeia de liquidações totalizando mais de US$ 650 milhões em perdas.

As liquidações acontecem quando os traders não conseguem cumprir os requisitos de margem para as suas posições alavancadas, forçando-os a fechar essas posições. Este evento serve como um lembrete claro da volatilidade inerente aos investimentos em criptomoedas e enfatiza a necessidade de práticas robustas de gestão de risco entre comerciantes e investidores.

O declínio do Bitcoin ocorreu depois que ele lutou para superar o nível de resistência crucial de US$ 72.400. Inicialmente, houve sinais de recuperação à medida que a criptomoeda se recuperou de US$ 68.500 para US$ 72.400.

O aumento de alta foi passageiro e o Bitcoin atingiu uma barreira na marca de US$ 72.400. Logo depois, o ativo digital despencou para US$ 66.700, pegando muitos traders desprevenidos. Esta rápida reversão desencadeou uma cascata de liquidações, afetando uma grande parte da comunidade comercial.

Analistas sugerem “traços de bolha” e alertam para correção adicional de preços

A recente queda no valor do Bitcoin suscitou preocupações entre os especialistas, que traçam paralelos entre a dinâmica atual do mercado e as bolhas especulativas do passado.

Michael Hartnett, estrategista-chefe de investimentos do Bank of America Corp., aponta semelhanças com bolhas anteriores, citando as ações 'Magnificent Seven' do setor de tecnologia e os máximos recordes do mercado de criptomoedas como exemplos de níveis de preços potencialmente insustentáveis.

Como o preço do Bitcoin permanece volátil, os analistas estão observando de perto os possíveis níveis de suporte e movimentos futuros de preços. Alguns analistas sugerem que o Bitcoin poderá testar a faixa de US$ 65.000 a US$ 66.000 em breve. Jesse Myers, analista BTC, avisa de um potencial short squeeze em US$ 74.000, mas também observa que há ampla oferta disponível para liquidar posições longas em US$ 66.000.

No entanto, em meio à recessão do mercado, existem perspectivas comerciais substanciais para aqueles que desejam investir na criptomoeda primária. Com aproximadamente 197.643 ordens liquidadas, o impacto desta oscilação do mercado é evidente, apresentando um grande potencial de negociação.

O impacto do desempenho do Bitcoin tem sido significativo, afetando a maioria das 100 principais criptomoedas, que sofreram quedas nas últimas 24 horas.

Por que o preço do Bitcoin despencou?

O recente declínio no valor do Bitcoin pode ser parcialmente atribuído ao crescente interesse dos comerciantes em memecoins especulativos que oferecem liquidez limitada. De acordo com dados da Santiment, os traders tendem a reinvestir seus lucros nesses tokens meme sempre que o Bitcoin atinge novos máximos.

Além disso, LookOnChain, uma plataforma de dados, relatou um depósito substancial de 4.637 BTC, avaliado em quase US$ 330 milhões, na Hot Wallet da Binance nas últimas 24 horas. Curiosamente, esta carteira já havia depositado 4.876 BTC em 5 de março, um movimento que coincidiu com uma correção de mercado de 14%.

próximo

Notícias sobre Bitcoin, Notícias sobre criptomoedas, Notícias

Fonte: www.coinspeaker.com

Receba nossas atualizações
Fique por dentro de todas as notícias e novidades do mundo da tecnologia!

Deixe uma resposta