Hong Kong preparada para lançar ETFs Bitcoin e Ethereum aprovados na próxima semana

1
58

O lançamento dos ETFs na próxima semana em Hong Kong provavelmente gerará comparações com os fundos Bitcoin dos EUA, com três meses de existência, que já causaram um impacto significativo em Wall Street.

Hong Kong está prestes a introduzir seus fundos negociados em bolsa (ETFs) baseados em criptografia para negociação. De acordo com um relatório recente da Bloomberg citando pessoas familiarizadas com o assunto, os ETFs Bitcoin (BTC) e Ethereum (Ether) à vista do país estrearão nas bolsas no início da próxima semana.

Os novos desenvolvimentos seguem a aprovação de Hong Kong de vários pedidos de ETF criptográfico em 15 de abril de 2024. Empresas chinesas de serviços financeiros, como China Asset Management e Bosera Capital, por meio de suas subsidiárias de Hong Kong, obtiveram aprovação da Securities and Futures Commission (SFC) para oferecer aos seus clientes novos produtos de investimento.

Hong Kong começará a negociar ETFs até o final de abril

A Bloomberg disse que essas empresas já estão nos estágios finais de preparação para iniciar a negociação de veículos de investimento em criptografia até o final de abril.

Os investidores no mercado asiático terão em breve acesso ao BTC e ao Ether através destes ETFs, permitindo-lhes investir nas duas principais criptomoedas sem se envolverem diretamente com o mercado de ativos digitais.

O boom dos ETFs começou em janeiro, quando a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) aprovou 11 pedidos apresentados por gestores de ativos como BlackRock, Grayscale Investments, Fidelity Investments, ARK 21 Shares e Invesco Galaxy.

Com os EUA na liderança, Hong Kong aderiu à tendência, abrindo caminho para que investidores na região asiática explorem a criptoeconomia.

No entanto, ao contrário dos ETFs Bitcoin nos EUA, que são estruturados para resgate em dinheiro, os ETFs criptográficos de Hong Kong utilizarão um modelo de subscrição e resgate em espécie. Esta abordagem permite a troca direta de ativos subjacentes por unidades de ETF e vice-versa.

Entradas potenciais versus expectativas

O relatório da Bloomberg sugeriu que o lançamento dos ETFs na próxima semana em Hong Kong provavelmente gerará comparações com os fundos Bitcoin dos EUA, com três meses de existência, que já causaram um impacto significativo em Wall Street. Os ETFs dos EUA já acumularam um total de 56 mil milhões de dólares em ativos, e a comunidade criptográfica antecipa que os ETFs de Hong Kong alcançarão um sucesso semelhante se os investidores da China continental puderem participar no mercado.

Na semana passada, a Coinspeaker informou que Alessio Quaglini, CEO da Hex Trust, uma empresa de custódia de criptografia, disse que há uma chance de os investidores chineses terem acesso aos ETFs de criptografia de Hong Kong devido a regulamentações pouco claras sobre esses fundos no país.

Os analistas especulam que, se os investidores chineses puderem participar, os ETFs poderão atrair um influxo maciço de cerca de 25 mil milhões de dólares.

No entanto, o especialista em ETF da Bloomberg, Eric Balchunas, acredita que Hong Kong poderá realisticamente ver entradas de até 500 milhões de dólares, considerando que a SFC ainda não aprovou ETFs de grandes gigantes da gestão de activos como a BlackRock.

A Bloomberg também observou que a quantidade de fundos gerados por esses ETFs criptográficos indicará o progresso de Hong Kong para se tornar um importante centro financeiro para criptomoedas.

O país, juntamente com Dubai, Singapura e o Reino Unido, está a competir para se tornar um centro de inovações financeiras modernas.

próximo

Fundos e ETFs, Notícias de Mercado, Notícias

Fonte: www.coinspeaker.com

1 COMENTÁRIO

  1. A chegada dos ETFs de criptografia em Hong Kong é um grande avanço para a região e pode atrair muitos investidores. Isso destaca o crescente papel de Hong Kong no mundo financeiro das criptomoedas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here