Grayscale (GBTC) vê salto de 5% após saída consecutiva de US$ 17,46 bilhões

0
43

O recente influxo de US$ 63 milhões oferece um vislumbre de esperança para o Grayscale Bitcoin Trust. Esta tendência positiva coincide com uma recuperação mais ampla no mercado de criptomoedas.

Grayscale Bitcoin Trust (GBTC), que já foi líder proeminente em soluções de investimento em Bitcoin, mostra sinais de ressurgimento. Após um período de saídas substanciais e domínio reduzido, as ações do GBTC experimentaram um aumento de 5% nas negociações pré-mercado em 6 de maio de 2024. Este aumento coincide com o primeiro dia de entrada líquida desde janeiro.

No entanto, o caminho do GBTC para recuperar a confiança dos investidores não será simples. O fundo testemunhou impressionantes retiradas de US$ 17,46 bilhões desde sua conversão em ETF em 10 de janeiro.

Esta tendência de saída negativa foi impulsionada principalmente pelas taxas mais altas em comparação com concorrentes como o iShares Bitcoin Trust (IBIT) da BlackRock, que atualmente possui US$ 16,91 bilhões em AUM, representando uma ameaça à posição de mercado do GBTC.

Além disso, a recente onda de falências da indústria das criptomoedas intensificou a situação, à medida que empresas em dificuldades financeiras liquidaram as suas participações no GBTC para cumprir as obrigações dos credores.

Tons de cinza visam vantagem competitiva

O recente influxo de US$ 63 milhões oferece um vislumbre de esperança para o Grayscale Bitcoin Trust. Esta tendência positiva coincide com uma recuperação mais ampla no mercado de criptomoedas. Na primeira semana de maio, o Bitcoin subiu de US$ 56.000 para US$ 65.000, despertando o otimismo dos investidores e potencialmente atraindo-os de volta ao GBTC.

Entretanto, a Grayscale, empresa de gestão de ativos digitais, não descansa nas suas conquistas. A empresa está buscando a aprovação da Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) para estabelecer um “Bitcoin Mini Trust” de taxas mais baixas, o que poderia tornar o GBTC uma opção de investimento mais competitiva.

Além disso, a Grayscale permanece confiante na aprovação de seu fundo negociado em bolsa (ETF) Ethereum à vista até maio, apesar de algum ceticismo dos analistas. Craig Salm, diretor jurídico da Grayscale, destaca as semelhanças entre os processos de aprovação para ETFs Bitcoin e Ethereum, sugerindo uma revisão potencialmente simplificada para este último.

Competição de ETF Bitcoin

A competição no mercado de ETF Bitcoin é intensa. Embora o influxo inicial do GBTC seja um sinal positivo, não está claro se se trata de uma flutuação breve ou de uma tendência de longo prazo. A recuperação da participação de mercado perdida depende de vários fatores – taxas potencialmente mais baixas por meio do Mini Trust, o cenário regulatório para seu ETF Ethereum e o desempenho positivo contínuo no mercado mais amplo de criptomoedas.

À medida que o Bitcoin estende sua recuperação pós-halving e a confiança dos investidores aumenta, o GBTC tem uma chance crucial de capitalizar e reafirmar sua posição como um importante ponto de entrada para investimentos em Bitcoin. No entanto, o caminho a seguir está repleto de concorrência, desafios regulamentares e a necessidade de reconstruir a confiança dos investidores.

próximo

Fundos e ETFs, Notícias de Mercado, Notícias

Fonte: www.coinspeaker.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here