Genesis multada em US$ 21 milhões em acordo com a SEC por títulos não registrados

0
49

O acordo com a Genesis significa o compromisso da SEC em supervisionar as plataformas de empréstimo criptográfico e proteger os interesses dos investidores.

A Securities and Exchange Commission (SEC) anunciou um acordo alcançado com a Genesis Global Capital, LLC, em 19 de março de 2024. O acordo pertence a cobranças decorrentes da plataforma de empréstimo de criptografia não registrada da Genesis, Gemini Earn. Como parte da resolução, Genesis pagará uma multa civil de US$ 21 milhões.

No entanto, o recebimento deste pagamento pela SEC é possível mediante a resolução de reclamações no âmbito do processo de falência, incluindo aquelas de investidores de varejo afetados pelo encerramento do programa Gemini Earn. O acordo também aponta riscos potenciais para os investidores ao lidarem com produtos de investimento não registrados.

SEC afirma que Genesis negligenciou registro

A principal alegação da Comissão de Valores Mobiliários girava em torno do fracasso da Genesis em registrar seu programa Gemini Earn, que permitia aos usuários emprestar seus ativos digitais em troca de pagamentos de juros. A SEC afirma que a Genesis negligenciou o registro deste programa, contornando protocolos cruciais de proteção ao investidor exigidos pelas leis de valores mobiliários.

O presidente da SEC, Gary Gensler, sublinhou a importância dos regulamentos das plataformas de empréstimo de criptomoedas. De acordo com Gensler, este acordo demonstra à indústria que as plataformas de empréstimo criptográfico e outros intermediários devem aderir às nossas leis de valores mobiliários.

“O acordo de hoje baseia-se em ações anteriores para deixar claro ao mercado e ao público investidor que as plataformas de empréstimo criptográfico e outros intermediários precisam cumprir nossas leis de valores mobiliários testadas pelo tempo”, disse Gensler.

Gurbir S. Grewal, Diretor da Divisão de Execução da SEC, ecoou esse sentimento, destacando os riscos associados ao não cumprimento:

“O colapso do programa Gemini Earn ressalta os riscos desconhecidos aos quais os investidores estão expostos quando os participantes do mercado não cumprem as leis federais de valores mobiliários.”

Fallout From The Gemini ganha congelamento

A SEC iniciou processos judiciais contra Genesis e Gemini Trust Company em janeiro de 2023. Em maio de 2023, Gemini e Genesis apresentaram moções para encerrar o caso da SEC, juntamente com moções alternativas buscando a rejeição dos pedidos da SEC de tutela permanente e restituição contra as empresas. No entanto, o juiz Ramos negou todos os pedidos, permitindo que o processo prosseguisse conforme apresentado.

A situação piorou ainda mais em novembro de 2022, quando o Genesis congelou os saques do Gemini Earn devido a problemas de liquidez. Consequentemente, aproximadamente 340.000 investidores não conseguiram acessar quase US$ 900 milhões em ativos de criptomoeda. Na sequência, a Genesis declarou falência do Capítulo 11 pela SEC.

Quando a falência da Genesis foi concluída, três fundadores da bolsa Gemini, os gêmeos Winklevoss Tyler e Cameron, prometeram devolver 100% dos fundos do programa Earn, que era de cerca de US$ 1,1 bilhão.

O acordo atual prioriza o reembolso aos investidores através do tribunal de falências. A Securities and Exchange Commission receberá apenas uma parte da multa de US$ 21 milhões depois que essas reivindicações forem resolvidas. Isso levanta questões sobre quando, se é que algum dia, a SEC obterá o valor total da multa.

O acordo com a Genesis significa o compromisso da SEC em supervisionar as plataformas de empréstimo criptográfico e proteger os interesses dos investidores. À medida que o mercado criptográfico amadurece, regulamentações robustas aliadas a uma aplicação eficaz podem fomentar a confiança e mitigar os riscos para todas as partes interessadas envolvidas.

próximo

Notícias Altcoin, Notícias sobre criptomoedas, Notícias

Fonte: www.coinspeaker.com

Receba nossas atualizações
Fique por dentro de todas as notícias e novidades do mundo da tecnologia!

Deixe uma resposta