Linus Torvalds, o criador do Linux, disse que se ele pudesse consertar uma coisa na internet, seria a mídia social moderna – uma recriminação do inventor do software que mantém grande parte da rede social funcionando.

“Eu absolutamente detesto a mídia moderna – Twitter, Facebook, Instagram”, disse Torvalds ao Linux Journal em uma nova entrevista. “É uma doença. Parece encorajar o mau comportamento”.

Em particular, Torvalds disse que discorda de como a mídia social é voltada para gerar o máximo de engajamento possível.

“Todo o modelo ‘gostar’ e ‘compartilhar’ é um lixo. Não há esforço nem controle de qualidade ”, disse Torvalds. “Na verdade, tudo isso é voltado para o reverso do controle de qualidade, com os menores alvos comuns, e iscas de cliques, e coisas projetadas para gerar uma resposta emocional, muitas vezes de indignação moral”.

O resultado final da mídia social moderna, argumentou Torvalds, são guerras flamejantes e comportamento desagradável que nunca aconteceriam cara a cara.

“O poder do anonimato é nojento”, disse Torvalds. “Quando você nem coloca seu nome verdadeiro no lixo (ou no lixo que você compartilha ou gosta), piora ainda mais”

Facebook, Twitter e Instagram são “doenças” e “lixo” para criador do Linux
5 (100%) 1 voto

Receba nossas atualizações
Fique por dentro de todas as notícias e novidades do mundo da tecnologia!

1 COMENTÁRIO

  1. Concordo com tudo que o Linus Torvalds disse, eu nunca usei essas redes sociais e nem vou usar, prefiro me comunicar por email ou por sms no celular, do que ficar perdendo tempo no celularzinho o dia todo, eu considero o celular como um telefone, nada mais do que isso.

Deixe uma resposta