ETF Spot Bitcoin da BlackRock começará a ser negociado no Brasil amanhã

0
81

O fundo negociado em bolsa (ETF) de Bitcoin à vista da BlackRock está pronto para fazer sua estreia no Brasil amanhã, de acordo com relatório da maior plataforma de notícias do mercado financeiro do Brasil, InfoMoney. O lançamento segue o anúncio da BlackRock de que os Brazilian Depositary Receipts (BDRs) de seu ETF iShares Bitcoin Trust (IBIT39) começarão a ser negociados na B3, a bolsa de valores do Brasil, na sexta-feira, de acordo com a reportagem.

“Nossa jornada de ativos digitais tem sido sustentada pelo objetivo de fornecer veículos de acesso de alta qualidade aos investidores”, disse Karina Saade, presidente da BlackRock no Brasil. “O IBIT39 é uma progressão natural dos nossos esforços ao longo de muitos anos e baseia-se nas capacidades fundamentais que estabelecemos até agora no mercado de ativos digitais.”

O IBIT39 estará inicialmente disponível para investidores qualificados, com o acesso ao varejo esperado nas próximas “semanas”. A taxa de administração do IBIT39 é fixada em 0,25%, com isenção de um ano e redução para 0,12% após atingir US$ 5 bilhões em ativos sob gestão.

Nos Estados Unidos, onde os ETFs à vista de Bitcoin foram liberados pelos reguladores em janeiro, o ETF de Bitcoin da BlackRock emergiu como a opção mais popular, acumulando mais de US$ 9 bilhões em ativos desde o lançamento. De acordo com dados da Bloomberg, o ETF da BlackRock atraiu ontem um recorde de US$ 612 milhões em entradas em um único dia.

Apesar do sucesso dos ETFs de Bitcoin, Saade enfatizou que o lançamento da BlackRock no Brasil e nos Estados Unidos não constitui um endosso ao Bitcoin em si, mas sim um reconhecimento de sua relevância como classe de ativos. “Nosso objetivo é atender nossos clientes com produtos seguros e transparentes. Não temos nenhuma recomendação ou qualquer expectativa em relação ao Bitcoin em si”, explicou Saade.

Fonte: bitcoinmagazine.com

Receba nossas atualizações
Fique por dentro de todas as notícias e novidades do mundo da tecnologia!

Deixe uma resposta