Elon Musk afirma que a IA pode superar a inteligência humana até 2029

0
61

A previsão de Musk surge no meio de um debate contínuo sobre os potenciais riscos e benefícios do desenvolvimento da IA.

Elon Musk, o empresário bilionário conhecido pelos seus empreendimentos na SpaceX e na Tesla, fez uma previsão ousada sobre o futuro da inteligência artificial (IA).

Musk previu que a IA provavelmente ultrapassaria a inteligência dos seres humanos individuais no próximo ano e poderia superar a inteligência combinada de todos os seres humanos até 2029.

IA poderia substituir humanos

Uma discussão entre o popular podcaster Joe Rogan e o futurista Ray Kurzweil gerou a previsão de Musk.

Kurzweil afirmou no podcast que a IA alcançaria inteligência de nível humano até 2029, um sentimento com o qual Musk parecia concordar. Ele até sugeriu que a IA poderia ultrapassar a inteligência humana já no próximo ano.

O tipo de IA capaz de superar a inteligência humana é a Inteligência Artificial Geral (AGI), um conceito que tem atraído atenção considerável de líderes tecnológicos em todo o mundo.

O avanço de sistemas sofisticados de IA, como ChatGPT e Gemini do Google, impulsionou ainda mais a AGI para o centro das atenções.

Apesar da sua crescente importância, continua a existir uma falta de consenso sobre a definição exacta de AGI. Geralmente, AGI refere-se a modelos de IA que podem executar qualquer tarefa que um ser humano pode e potencialmente até superar os humanos em determinadas áreas.

Elon Musk: As pessoas podem perder o controle da IA

A previsão de Musk surge no meio de um debate contínuo sobre os potenciais riscos e benefícios do desenvolvimento da IA.

Embora alguns vejam a IA como uma ferramenta para o progresso e a inovação, outros, incluindo Musk, expressaram preocupações sobre as implicações da criação de máquinas que possam superar a inteligência humana.

Durante a cimeira de segurança da IA ​​no Reino Unido, em novembro de 2023, o empresário bilionário e CEO da Tesla e da SpaceX alertou que a inteligência artificial é um risco para os humanos.

Ele observou ainda que se as inovações no sector da IA ​​continuarem, os humanos poderão perder o controlo sobre ele.

“Não está claro para mim se podemos controlar tal coisa [AI]. Mas penso que podemos aspirar a orientá-lo numa direção que seja benéfica para a humanidade”, disse ele na cimeira.

O empresário bilionário também sugeriu durante uma conversa com o primeiro-ministro do Reino Unido, Rishi Sunak, na Lancaster House, que a IA poderia ser “a força mais perturbadora da história”.

Musk também enfatizou a natureza sem precedentes do desenvolvimento da IA, prevendo um futuro onde a IA poderia superar a inteligência humana e até possuir capacidades semelhantes às humanas para executar tarefas e trabalhos.

O impacto potencial da IA ​​na segurança nacional

À medida que a tecnologia da IA ​​avança, um relatório recente encomendado pelo Departamento dos EUA alerta para potenciais riscos para a segurança nacional. O relatório sugere que os sistemas avançados de IA podem representar uma ameaça grave se não forem devidamente geridos.

Destaca preocupações de que a IA possa levar a resultados catastróficos, representando mesmo um risco de extinção humana. Uma grande preocupação é a potencial utilização da IA ​​como arma, o que pode resultar em danos irreversíveis.

Além disso, há receios dentro da comunidade de IA de que a tecnologia possa tornar-se incontrolável, levando a graves problemas de segurança global. O relatório compara o surgimento da IA ​​ao advento das armas nucleares, enfatizando os perigos de uma corrida armamentista de IA, conflitos e acidentes em grande escala.

próximo

Inteligência Artificial, Notícias, Notícias de Tecnologia

Fonte: www.coinspeaker.com

Receba nossas atualizações
Fique por dentro de todas as notícias e novidades do mundo da tecnologia!

Deixe uma resposta