Desenvolvedor Tornado Cash condenado a 64 meses por lavagem de US$ 1,2 bilhão

0
27

O resultado do caso de Pertsev tem implicações mais amplas para a indústria criptográfica, particularmente para desenvolvedores associados a plataformas como Tornado Cash.

O tribunal holandês proferiu uma sentença significativa a Alexey Pertsev, um dos desenvolvedores por trás da criação do Tornado Cash, uma plataforma de mixagem de criptografia. Pertsev foi condenado a 64 meses de prisão, equivalente a cinco anos e quatro meses, por seu envolvimento em ajudar criminosos a lavar US$ 1,2 bilhão por meio da plataforma.

Os advogados que representam Pertsev têm até 14 dias para contestar a decisão do tribunal e pedir a redução da pena. No entanto, na ausência de recurso, o cidadão russo de 31 anos que reside nos Países Baixos passará a maior parte dos seus trinta anos na prisão.

A história conturbada do Tornado Cash

A polícia holandesa prendeu Pertsev em agosto de 2022, após a proibição do Tornado Cash pelo Departamento do Tesouro dos Estados Unidos de Controle de Ativos Estrangeiros (“OFAC”) por facilitar atividades de lavagem de dinheiro.

Na época, o governo dos EUA divulgou que o misturador de criptografia, projetado para ocultar a origem dos fundos que passam pela plataforma, lavou cerca de US$ 7 bilhões para os usuários.

O OFAC disse que o Tornado Cash era uma ferramenta crítica para o notório grupo de hackers norte-coreano Lazarus, que roubou bilhões de dólares da indústria de criptografia usando vários métodos. Após a proibição, os desenvolvedores da plataforma tornaram-se pessoas de interesse do governo, levando à prisão de Pertsev, que foi acusado de lavagem de dinheiro ao lado de seus co-desenvolvedores.

Processos Legais e Sentenças

Durante o julgamento de Pertsev, em Março, as autoridades holandesas argumentaram que ele não tomou medidas suficientes para impedir que os criminosos utilizassem o Tornado Cash para lavagem de dinheiro.

A equipe de defesa de Pertsev respondeu destacando a natureza de código aberto e os processos automatizados da plataforma, que limitam seu controle sobre as atividades dos usuários. Apesar deste argumento, o tribunal proferiu uma sentença substancial de quase seis anos de prisão na audiência de sentença. Um dos juízes que supervisionou o caso disse que o misturador de criptografia foi feito explicitamente para criminosos e explicou:

“Tornado Cash, em sua natureza e funcionamento, é uma ferramenta destinada a criminosos.”

Precedentes legais para julgamentos futuros

O resultado do caso de Pertsev tem implicações mais amplas para a indústria criptográfica, particularmente para desenvolvedores associados a plataformas como Tornado Cash. O julgamento estabeleceu um precedente legal para futuros julgamentos de outros desenvolvedores do Tornado Cash.

Dois dos desenvolvedores da plataforma enfrentam atualmente acusações de lavagem de dinheiro nos Estados Unidos. Roman Storm e Roman Semenov enfrentam acusações semelhantes no país às de Pertsev por ajudar criminosos na lavagem de fundos roubados e na violação de sanções.

Storm foi preso pelas autoridades dos EUA em agosto de 2023, depois que o Departamento do Tesouro adicionou o Tornado Cash novamente à sua lista de entidades sancionadas. Em setembro do ano passado, ele se declarou inocente das acusações e seu julgamento foi marcado para setembro de 2024.

Quanto a Semenov, as autoridades desconhecem o seu paradeiro e estão a trabalhar para garantir que seja preso para enfrentar a lei.

próximo

Notícias Altcoin, Notícias sobre criptomoedas, Notícias

Fonte: www.coinspeaker.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here