BlackRock arquiva aplicativo Bitcoin ETF, aproveitando a custódia da Coinbase

0
177


A BlackRock, a maior gestora de ativos do mundo, apresentou um pedido de um ETF (fundo negociado em bolsa) de Bitcoin à vista.

Em sua busca por um ETF Bitcoin, a BlackRock escolheu a Coinbase Custody como sua solução de custódia confiável. O ETF proposto será comparado com os índices fornecidos pela CF Benchmarks. Os índices serão compostos por dados de preços de seis exchanges: Coinbase, Kraken, Gemini, Bitstamp, itBit e LMAX Digital.

Vale a pena notar que a Securities and Exchange Commission (SEC), a autoridade reguladora responsável por supervisionar os ETFs nos Estados Unidos, até agora rejeitou todos os pedidos de ETF de bitcoin à vista. No entanto, a comissão concedeu aprovação para vários ETFs de futuros de bitcoin, que foram introduzidos com sucesso para negociação.

O pedido da BlackRock para um spot Bitcoin ETF sinaliza um ponto de virada na indústria, já que um player proeminente no espaço financeiro tradicional reconhece o potencial do Bitcoin. Se aprovado, o Bitcoin ETF abriria portas para uma nova onda de adoção e forneceria aos investidores uma oportunidade sem precedentes de participar do mercado de Bitcoin por meio de um veículo de investimento regulamentado e acessível.

Fonte: bitcoinmagazine.com

Receba nossas atualizações
Fique por dentro de todas as notícias e novidades do mundo da tecnologia!

Deixe uma resposta