Bitcoin cai para US$ 66 mil contra previsões de analistas, Ethereum corre risco de queda de dois dígitos

0
37

Este súbito impulso de baixa levou os analistas a reavaliarem as suas previsões e a lançar luz sobre o que poderá vir a seguir para estes ativos digitais.

O mercado de criptomoedas foi dominado por um frenesi de baixa, com as principais moedas sofrendo quedas de preços. O Bitcoin (BTC) viu seu preço despencar de cerca de US$ 70.000 nas últimas 24 horas para US$ 66.000, marcando um declínio de aproximadamente US$ 5,71%. Da mesma forma, o Ethereum (ETH), a segunda maior criptomoeda, não foi poupado, caindo de US$ 3.649 para cerca de US$ 3.300, uma queda de 9,51%.

Este súbito impulso de baixa levou os analistas a reavaliar as suas previsões e lançar luz sobre o que poderá vir a seguir para estes ativos digitais. Na semana passada, os analistas previram que o Bitcoin ultrapassaria a resistência aérea e alcançaria novos máximos históricos. No entanto, a recente evolução dos acontecimentos forçou uma reavaliação destas previsões.

Santiment, uma plataforma de análise on-chain, também comentou sobre a queda do BTC para US$ 66 mil, acrescentando que muitas outras altcoins seguiram a mesma trajetória de preços. Apesar desta recessão, Santiment permanece otimista quanto a uma rápida recuperação, observando que, historicamente, o melhor momento para comprar uma moeda é quando ela está em queda. Isto está alinhado com a ideia de comprar no mergulho, uma estratégia popular entre os investidores em criptomoedas, que envolve a compra de ativos quando os preços estão baixos com a expectativa de potenciais ganhos futuros.

Ali, outro analista da rede, compartilhou sua perspectiva sobre X. Ele afirmou que o indicador TD Sequential emitiu um sinal de venda no gráfico semanal do Bitcoin, indicando uma correção potencial à frente. Ali antecipa uma desaceleração que durará entre um e quatro velas semanais, sugerindo que a tendência de baixa pode persistir por mais algumas semanas.

Com alguns analistas vendo mais potenciais desacelerações, pode-se argumentar que é um bom momento para os touros comprarem novamente a queda, antes que o preço continue a subir.

Ethereum pode despencar ainda mais para US$ 2.850

Voltando-se para o desempenho de baixa do Ethereum, Ali comentou que o preço do ETH negociado abaixo de US$ 3.460 é considerado problemático para os touros. Ele revelou que falta suporte à moeda nessa zona, o que aumenta ainda mais as chances de uma correção para US$ 2.850 ou menos. Sua análise sugere que ultrapassar US$ 3.460 sem compras robustas poderia desencadear uma espiral de baixa, com US$ 2.800 como um potencial alvo negativo.

Ecoando sua análise anterior, ele insistiu ainda que o cenário mais brutal para o Ethereum no momento é romper o nível de suporte de US$ 3.400. Tal movimento poderia confirmar uma formação de flâmula de baixa no gráfico diário, potencialmente desencadeando uma correção de 17% para o ETH, para US$ 2.800.

Em meio a essa tendência de baixa no mercado de criptomoedas, tanto analistas quanto investidores estão observando de perto a situação, se esforçando para compreender as implicações potenciais e os caminhos futuros para Bitcoin, Ethereum e outras altcoins. Embora o otimismo persista entre alguns, com a afirmação de Santiment ecoando na comunidade criptográfica de que há um apelo crescente por mais “compra”, outros estão se preparando para a possibilidade de condições de baixa prolongadas.

próximo

Notícias Altcoin, Notícias Bitcoin, Notícias sobre criptomoedas, Notícias Ethereum, Notícias

Fonte: www.coinspeaker.com

Receba nossas atualizações
Fique por dentro de todas as notícias e novidades do mundo da tecnologia!

Deixe uma resposta