WLD da Worldcoin cai 6% após processo de Elon Musk contra OpenAI

0
106

Musk argumentou que o lançamento do ChatGPT-4 representa um afastamento significativo dos princípios fundamentais da OpenAI.

O token WLD da Worldcoin caiu 6% depois que Elon Musk, o CEO bilionário da Tesla e da SpaceX, entrou com uma ação judicial contra a OpenAI e seu CEO, Sam Altman, por violações de seu acordo sem fins lucrativos.

De acordo com dados do CoinMarketCap, o token criptográfico, que está fortemente associado a Altman, caiu para US$ 7,5 depois de ser negociado a US$ 9,3 nos últimos sete dias. O token foi projetado como uma recompensa para usuários que permitem que a Worldcoin escaneie seus olhos em troca de identificações.

Elon Musk processa OpenAI e seu CEO

Na sexta-feira, Musk entrou com uma ação judicial contra a OpenAI e seu CEO, alegando que a empresa se desviou de sua missão original de promover a inteligência artificial geral (AGI) de código aberto para o bem maior da humanidade.

A ação, movida no Tribunal Superior da Califórnia para o Condado de São Francisco, aponta especificamente a parceria da OpenAI com a Microsoft como prova do desvio.

O CEO bilionário, que desempenhou um papel fundamental na fundação da OpenAI, mas depois se distanciou da empresa, expressou fortes preocupações sobre o seu caminho atual.

Musk argumentou que o lançamento do ChatGPT-4 representa um afastamento significativo dos princípios fundamentais da OpenAI.

Ao contrário de seu antecessor, o ChatGPT-4 é um modelo fechado, uma medida que Musk acredita que beneficia principalmente a Microsoft financeiramente. Esta mudança, na sua opinião, contradiz a missão original sem fins lucrativos da OpenAI e levanta questões sobre a direção da empresa.

Ele também apontou a remoção e subsequente reintegração de Sam Altman em novembro de 2023 como prova de uma agenda orientada para o lucro, concebida para se alinhar com os interesses da Microsoft.

Estabelecido inicialmente como um laboratório de pesquisa de IA sem fins lucrativos em 2015, o OpenAI deu uma guinada comercial em 2020 com o estabelecimento de sua unidade de negócios. Em uma postagem no X, Musk disse que deixou de promover a IA para um bem maior e passou a buscar lucro e velocidade acima de tudo.

Musk exige que OpenAI retorne à sua missão original

Musk também citou outras reclamações, como quebras de contrato, violações do dever fiduciário e práticas comerciais injustas no processo.

O CEO da Tesla e da SpaceX solicitou que a OpenAI retornasse aos seus princípios de código aberto. Ele também está pedindo uma liminar para impedir a exploração com fins lucrativos da tecnologia AGI.

Em sua crítica, Musk questionou a experiência do atual conselho da OpenAI, alegando que lhe falta o conhecimento técnico necessário para o desenvolvimento responsável da AGI.

Apesar de ter saído da OpenAI, Musk continuou a sua missão de construir produtos de IA responsáveis ​​para a humanidade.

No ano passado, ele lançou sua própria empresa de inteligência artificial chamada xAI. O novo empreendimento se concentrará no desenvolvimento de ferramentas de IA mais seguras. O CEO afirmou que, em vez de programar explicitamente a moralidade em sua IA, a xAI terá como objetivo criar uma IA “máxima curiosa”.

próximo

Inteligência Artificial, Notícias, Notícias de Tecnologia

Fonte: www.coinspeaker.com

Receba nossas atualizações
Fique por dentro de todas as notícias e novidades do mundo da tecnologia!

Deixe uma resposta