Spot Bitcoin ETFs vêem 7º dia consecutivo de fluxo de saída

0
40

Os ETFs de Bitcoin nos EUA registraram uma saída líquida de US$ 34,4 milhões em 2 de maio, uma queda significativa em relação ao recorde do dia anterior de US$ 563,7 milhões. Curiosamente, os ETFs Bitcoin da BlackRock e da Fidelity, classificados em 2º e 3º lugar em termos de ativos líquidos totais, tiveram zero fluxos líquidos na quinta-feira

Fundos negociados em bolsa de Bitcoin (ETFs) nos Estados Unidos enfrentou uma saída líquida modesta de US$ 34,4 milhões na quinta-feira, 2 de maio de 2024. Essa saída é significativamente menor em comparação com a saída recorde de US$ 563,7 milhões observada no dia anterior.

Embora a desaceleração ofereça alguma esperança, é crucial manter a perspectiva. O GBTC da Grayscale, o fundo Bitcoin mais antigo, teve saídas de US$ 55 milhões na quinta-feira. Isso mostra a tendência contínua de retiradas do GBTC, o que tem sido um ponto de preocupação para os investidores.

O ARKB da Ark Invest registrou as maiores entradas líquidas na quinta-feira, atraindo substanciais US$ 13 milhões. Além disso, entradas modestas foram registradas por ETFs de Bitcoin à vista de Franklin Templeton, Valkyrie, Invesco e Galaxy Digital, acumulando coletivamente US$ 6 milhões. Esta tendência indica que alguns investidores ainda veem o Bitcoin como uma oportunidade de investimento viável.

Curiosamente, os ETFs Bitcoin da BlackRock e da Fidelity, classificados em segundo e terceiro lugar em termos de ativos líquidos totais, tiveram fluxo líquido zero na quinta-feira. O analista James Seyffart, da Bloomberg, aponta que tais ocorrências são típicas no cenário dos ETFs.

Foto: SpotOnChain

Apelo Bitcoin ETF de Hong Kong

Um fato interessante surge no mercado de ETFs de Hong Kong. Relatórios oficiais mostram um aumento substancial de US$ 248 milhões em ativos sob gestão (AUM). Isto pode ser parcialmente motivado por uma característica única que alguns ETFs de Hong Kong oferecem: permitir contribuições diretas do próprio Bitcoin, em vez de depender apenas de compras no mercado.

Contribuindo para a perspectiva favorável está a recuperação do preço do Bitcoin. Depois de cair para US$ 56.500, a principal criptomoeda subiu para US$ 59.000, indicando suporte subjacente do mercado. Este aumento de preços reflete a confiança contínua dos investidores no potencial de longo prazo do Bitcoin, mesmo em meio a flutuações de curto prazo.

O mercado mais amplo de criptomoedas também mostrou resiliência, com o Ethereum ultrapassando US$ 3.000 e outras moedas alternativas registrando ganhos notáveis. Este movimento ascendente destaca a crescente adoção e crença no futuro do cenário criptográfico.

BNP Paribas investe na BlackRock

As notícias do gigante bancário europeu BNP Paribas investindo no ETF Bitcoin da BlackRock, IBIT, aumentaram ainda mais a confiança dos investidores. Embora o investimento inicial do banco tenha sido de modestos US$ 41.684, isso significa crescente interesse institucional e exposição positiva para o mercado de criptomoedas como um todo.

A recente desaceleração nas saídas de ETF Bitcoin oferece um vislumbre de esperança, mas a situação permanece obscura. A dinâmica do preço do Bitcoin e os desenvolvimentos regulatórios serão cruciais para determinar a trajetória futura do mercado de criptomoedas.

próximo

Notícias sobre Bitcoin, Notícias sobre criptomoedas, Fundos e ETFs, Notícias

Fonte: www.coinspeaker.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here