MicroStrategy reportará trimestralmente participações em Bitcoin sem perdas por redução ao valor recuperável

0
217

A decisão do FASB de permitir a contabilização do valor justo para ativos digitais é um enorme passo em frente para empresas como a MicroStrategy.

A desenvolvedora de software MicroStrategy Inc (NASDAQ: MSTR) deve reportar suas participações em Bitcoin (BTC) trimestralmente, sem reconhecer perdas por redução ao valor recuperável em caso de queda nos preços das criptomoedas durante o período do relatório. Este desenvolvimento surge como resultado da aprovação de novas diretrizes pelo Financial Accounting Standards Board (FASB).

Berenberg, um respeitado banco de investimento, chamou a atenção para este desenvolvimento conforme relatado pela Coindesk, sugerindo que poderia ser uma virada de jogo para a MicroStrategy e outras empresas com participações substanciais em BTC.

O Dilema de Imparidade da Microstrategy

A incursão da MicroStrategy no Bitcoin começou com um objetivo ambicioso de dedicar uma quantidade significativa de suas reservas de tesouraria à criptomoeda. Embora esta estratégia tenha ganhado admiração pelo seu espírito pioneiro, também expôs a empresa à volatilidade inerente do mercado criptográfico.

De acordo com o relatório, a MicroStrategy relatou perdas acumuladas por redução ao valor recuperável de US$ 2,23 bilhões desde a adoção de sua estratégia de aquisição de Bitcoin em agosto de 2020. A mais significativa dessas perdas, no valor de US$ 917,8 milhões, foi registrada no segundo trimestre de 2022.

Esta perda massiva tornou-se o ponto focal da cobertura noticiosa dos lucros da MicroStrategy, criando a impressão de que o valor intrínseco da empresa tinha sido severamente afectado, apesar de este não ser o caso.

O relatório de Berenberg destaca a desconexão entre a verdadeira posição financeira da MicroStrategy e a percepção criada pelas perdas por imparidade. Esta desconexão pode ser atribuída às normas contabilísticas tradicionais que exigem que as empresas reconheçam perdas por imparidade quando o valor de mercado de um activo, como o Bitcoin, cai abaixo do seu valor contabilístico.

A recente decisão do FASB de permitir que empresas como a MicroStrategy reportem trimestralmente as suas participações em Bitcoin sem reconhecer perdas por imparidade durante flutuações de preços de curto prazo aborda diretamente esta questão.

Isto significa que a MicroStrategy e empresas similares podem agora reportar o valor justo das suas participações em Bitcoin no final de cada trimestre fiscal, fornecendo uma imagem mais clara da sua saúde financeira.

Impacto imediato e cronograma de adoção das novas regras do FASB

A decisão do FASB de permitir a contabilização do valor justo para ativos digitais é um enorme passo em frente para empresas como a MicroStrategy. O presidente executivo da MicroStrategy, Michael Saylor, elogiou a mudança regulatória, dizendo que “elimina um grande impedimento à adoção corporativa do Bitcoin como um ativo de tesouraria”. Isto demonstra a importância da mudança na promoção da adoção generalizada de criptomoedas dentro do setor corporativo.

Embora a implementação oficial das novas regras esteja prevista para 2025, as empresas terão a opção de adotá-las mais cedo. O relatório de Berenberg sugere que a MicroStrategy planeia exercer esta opção, indicando a vontade da empresa de se alinhar com as mais recentes normas contabilísticas e tirar partido dos benefícios que estas oferecem.

Enquanto isso, Berenberg mantém uma visão positiva da MicroStrategy. O banco tem classificação de compra para ações da MicroStrategy, com preço-alvo de US$ 510. De acordo com os últimos dados disponíveis, as ações da MicroStrategy fecharam a US$ 353,07 na quinta-feira, refletindo o interesse dos investidores nas perspectivas futuras da empresa.

próximo

Notícias sobre Bitcoin, Notícias sobre criptomoedas, Notícias

Benjamin Godfrey é um entusiasta e jornalista de blockchain que adora escrever sobre as aplicações reais da tecnologia blockchain e inovações para impulsionar a aceitação geral e a integração mundial da tecnologia emergente. Seu desejo de educar as pessoas sobre criptomoedas inspira suas contribuições para sites e mídias de blockchain renomados.

Fonte: www.coinspeaker.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here